Gestao

O que é o Nubank e qual o motivo de tanto sucesso?

o que é o nubank

O que é o Nubank e qual o motivo de tanto sucesso? Bem, a fintech brasileira Nubank está avançando com a expansão de sua posição no cenário de serviços financeiros locais, ajudando a impulsionar mais concorrência no setor e melhores negócios para os consumidores.

Muita coisa mudou desde que a empresa com sede em São Paulo, uma das startups mais bem financiadas do Brasil, foi fundada há cinco anos. Encorajado pelo sucesso do Nubank e pelas oportunidades do setor de serviços financeiros locais, o cenário da fintech passou de um punhado de empresas para cerca de 400 startups em todo o país, com muitas delas focadas no banco digital, de acordo com dados da PwC.

O próprio Nubank agora tem 5 milhões de clientes para seu cartão de crédito gratuito, tornando-o um dos cinco principais emissores de cartões de crédito do país. Cerca de 2,5 milhões de pessoas se inscreveram na conta bancária digital da empresa, lançada há um ano.Today In: Inovação

Muitas pessoas ligadas à inovação se perguntam o que é o Nubank, realmente, pois os números impressionam!

Os números posicionam a fintech brasileira no topo da lista dos maiores bancos desafiadores do mundo: em comparação, outros grandes nomes do setor, como o britânico Revolut, afirmam ter uma base de clientes de 2 milhões, enquanto o alemão N26 tem cerca de um milhão de clientes.

“Quando eu comecei o Nubank, eu continuava ouvindo que, como estrangeiro, eu não conseguia enfrentar os jogadores tradicionais e havia uma crença geral inicial de que ninguém poderia assumir os bancos históricos, mas isso quase foi revertido”. disse o fundador colombiano da fintech, David Vélez.

Segundo Vélez, iniciar a empresa oferecendo primeiro cartões de crédito foi um fator diferencial. Isso ocorre porque os clientes tendem a se esforçar para confiar em uma nova empresa para manter seu dinheiro suado, então os custos de aquisição são mais altos:

“Enquanto os clientes se perguntam se é seguro depositar dinheiro para um desafiante cuidar, somos a parte de confiança no que diz respeito ao crédito”.

A fintech também se beneficiou das altas taxas praticadas pelos bancos tradicionais. Segundo Vélez, a startup conseguiu renunciar a essas taxas e ainda ter margens lucrativas, apesar do Brasil estar passando por uma das piores crises já registradas.

Vélez: As margens estão caindo à medida que a tecnologia desintermedia os processos nos serviços financeiros.

Vélez: As margens estão caindo à medida que a tecnologia desintermedia os processos nos serviços financeiros. NUBANK

Sobre o papel de Nubank na criação de um novo mercado no qual taxas mais baixas se tornarão um novo normal, com opções mais atraentes para os consumidores, Vélez diz que esse era um dos objetivos de sua empresa desde o início e começou a se tornar realidade no Brasil.

“Nos EUA, o mercado é muito mais competitivo com margens menores. Isso começou a acontecer aqui, vemos mais concorrência com outros concorrentes que oferecem produtos similares aos nossos – o que significa margens mais baixas, mas também menos juros e taxas para os clientes e portanto, melhor qualidade de serviço para eles “, acrescenta o CEO.

Muitos desses participantes do mercado estão atrás de uma fatia do bolo não bancário, diz Vélez, atualmente o equivalente a 60 milhões de consumidores no Brasil: “Muitos novos varejistas e outros players digitais como o Uber veem o universo dos serviços financeiros locais como um mercado atraente. . “

Traga os gigantes

Sobre a possível entrada de gigantes da tecnologia, como Amazon e Facebook, no cenário financeiro no Brasil, Vélez não parece preocupado – em parte por causa de sua vantagem de ser pioneiro. De fato, ele vê isso como benéfico para o ecossistema local.  

“Ter esses gigantes aqui no Brasil seria bom e positivo. Se você olhar para a China, verá muitos jogadores coexistindo e frequentemente trabalhando juntos, é um sistema muito dinâmico, com muitas oportunidades e que também pode acontecer aqui”, afirma o executivo. .

“No entanto, achamos importante focar no presente – achamos que ainda estamos no primeiro dia. Quando olharmos para nossos planos daqui a 20 a 30 anos, percebemos que estamos bem no início, para manter líder, precisamos inovar constantemente e pensar em nossos clientes primeiro “, acrescenta.

Embora o Brasil ainda não tenha empresas massivas do tamanho da AliPay da Tencent operando localmente, o mercado de serviços financeiros do país tem suas particularidades, para que a concorrência não aconteça da mesma maneira, ressalta Vélez. No entanto, existem alguns temas comuns:

O que é o Nubank no Brasil

“O que é verdade no Brasil é que a tecnologia está desintermediando as cadeias de valor nos serviços financeiros. Posso ter certeza de que as margens cairão – o que aconteceu na China e também no Brasil. O ritmo desses desenvolvimentos está se acelerando”.

Como pioneiro em serviços financeiros modernos no Brasil, o executivo diz que o Nubank tem “um excelente relacionamento” com os órgãos reguladores locais, acrescentando que existe um acordo entre os legisladores de que novas regras são necessárias para permitir que as empresas de tecnologia fintech prosperem.

“Os reguladores desejam aumentar a concorrência. As tarifas altas são resultado da concentração do mercado, por isso há muito trabalho em torno da criação de regulamentos para reverter esse cenário”, ressalta Vélez.

À medida que as eleições presidenciais no Brasil se aproximam, em 7 de outubro, o executivo evita comentar suas preferências políticas, mas observa que todos os candidatos parecem ter mais acesso a serviços financeiros de maneira positiva.

“Ter um ambiente com impostos mais baixos e menos concentração é citado em todos os planos do governo, independentemente de serem de esquerda ou de direita. E todos parecem ver a fintech como uma boa oportunidade para o desenvolvimento nacional. É um tema comum”.

Fonte: Angelica Mari para Forbes

Posts relacionados

Por que em algumas empresas se usam uniformes e outras não?

Equipe Líder & Gestão

Qual é a diferença entre Líder e Chefe? Saiba aqui

O que é Comportamento Organizacional: Definição e Modelo

Deixe um comentário