Carreira Emprego Gestao Liderança

O que fazer quando eu sei mais que meu chefe? Sabe a resposta?

O que fazer quando eu sei mais que meu chefe

Você já trabalhou para alguém ou uma empresa na qual sabia mais do que o seu chefe? O que fazer então quando eu sei mais que meu chefe? Parece uma pergunta difícil de ser respondida…ao menos para muitas pessoas.

Eu me lembrei disso quando durante uma revisão de código de programação, um rapaz que estava estagiando em nossa empresa exclamou: “Nossa, quem foi o burro que fez o relatório desta forma? Trinta linhas para fazer o que eu fiz numa só!” – ao que meu sócio respondeu na hora e sorrindo muito: “Foi o seu chefinho ali! Pergunte pra ele!” – logicamente apontando para mim.

Bem, não preciso dizer como foi um momento constrangedor para o rapaz e como foi divertido para todos que estavam vendo aquela situação!

Sim, aquele estagiário, que estava no início do seu aprendizado de programação sabia muito mais que eu, que já era formado na época. Em sua mente, ele sabia mais do que o seu próprio gestor, uma conquista que levou até mesmo para o almoço da sua família, pois ele contou a todos o quanto “era bom” naquilo que fazia…realmente foi divertido pra ele, claro, após ter passado o constrangimento inicial e o fato de eu tê-lo confortado e rido da situação também.

Mas você já passou por situações em que, não apenas num momento, mas em quase todas as situações você se destaca tecnicamente mais do que seu chefe? Bem, isso é muito mais comum do que você imagina, e não é o fim do mundo para ninguém e nem motivo de criticá-lo.

Em primeiro lugar, entenda: o seu gestor não é seu gestor porque sabe mais do que você, pois se soubesse, ele estaria em seu lugar e não no lugar em que está!

O fato de alguém ser chefe ou gestor, não necessariamente indica e o obriga ter capacidade técnica, entende isso? Geralmente o que os leva aos postos em que estão são 4:

  1. Proprietário e idealizador do negócio
    1. Neste caso, veja que até o próprio Bill Gates deixou a presidência de sua empresa e passou à quem saberia gerí-la melhor que ele mesmo.
  1. Capacidade política
    1. Neste caso, o seu chefe pode não ter conhecimento técnico, mas ele agrega pontos em que o time se mantém unido e os processos funcionando, mesmo que dependa mais de você do que dele, porém, o fato dele manter você na equipe, já é algo que denota sua capacidade de gestão.
  1. Merecimento
    1. Neste caso, o seu chefe mereceu estar lá por tudo que fez no passado, com a certeza deque fará com que sua equipe continue realizando estes feitos no futuro, pois ele sabe os caminhos a seguir. Saiba quê, em algumas empresas o fato do merecimento é fantástico, pois saberemos que ao nos dedicarmos e darmos o nosso melhor, com toda certeza iremos galgar novas posições, hierarquicamente falando.
  1. Cumprir uma missão
    1. Neste caso, o gestor não está ali para o departamento, para as pessoas de forma direta, mas está ali, por exemplo, para conhecer os processos da equipe e melhorá-los. Em algumas empresas é nomeado um gestor somente para conseguir estudar e “enxugar” o quadro de funcionários. Neste caso, o papel dele não é saber o que você sabe, mas focar numa missão específica.

Parece que estes fatos agora derrubaram toda uma teoria, não é mesmo? Sim, é verdade, mas isso acontece porque às vezes pensamos “chefe/gestor” de forma mais ingênua, sem saber tudo aquilo que implica uma gestão, e acredite, eu era assim até ajudar a fundar a minha empresa.

Muitas vezes, o chefe “dá graças à Deus” quando encontra alguém melhor do que ele para poder delegar as suas tarefas. E aproveite, pois quando ele pensar em alguém para ficar no lugar dele, você será o primeiro da lista.

Um vez eu ouvi de um diretor de uma grande empresa: “Eu só quero trabalhar com gente que me faça me sentir burro!”

Sendo assim, não se preocupe em saber mais que seu chefe, de outra forma, também não pense que isso faz do seu chefe alguém incapaz, às vezes pelo contrário.

Seja humilde, saiba que isso é bom para conviver com as pessoas e nos faz prosperar de forma agradável. Jamais comente que sabe mais que seu chefe, pois além disso nem sempre ser verdade, poderá custar seu emprego.

No entanto, apesar da humildade que te peço, nunca deixe de reconhecer o seu próprio potencial e sempre se valorizar (mas nunca acima dos outros, cuide com isso)!

São raros os profissionais que têm essa boa estima, então, foco, humildade e força!

Em breve, você será o novo chefe pela sua própria capacidade! Se prepare…

Posts relacionados

Feedback Positivo para o funcionário? O jeito certo de fazer

O que é gamificação? Como usar no recrutamento?

Ser humano no trabalho: o maior desafio da sua carreira

Deixe um comentário